Vídeo: A literatura que produzimos


O post de hoje é um vídeo, e o vídeo de hoje é sobre um caderno, e o caderno de hoje traz uma reflexão. Não sei se esse vídeo vai ser muito assistido (eu acho que não), mas acho importante ter um espaço desses para discutir esse tipo de assunto, que no caso é sobre a literatura pessoal, e o que nos motiva a ler.

Clique na imagem para ver o vídeo.

stil0001

Anúncios

3 Respostas para “Vídeo: A literatura que produzimos

  1. Esse vídeo foi o que mais me atingiu. Explicarei o motivo.
    Primeiro que você começa espirrando e é o mal de todo viciado em livros, ter rinite alérgica.
    Acredito que o ser humano tem a necessidade de externar seus sentimentos. A pergunta é como ele prefere se envolver no processo. Neste caso, quem optou em escrever, o faz também para se auto conhecer.
    Sabemos, eu já fiz análise alguns anos, que este processo é doloroso, masnecessário. A frase “Conhece- te a ti mesmo” já resume isso. (Por isso chamava o psicólogo de Oráculo de Delphos. =)
    Sim, tenho a minha agenda que é uma mistura de lista de tarefas com diário.

  2. Esse vídeo foi o que mais me atingiu. Explicarei o motivo.
    Primeiro que você começa espirrando e é o mal de todo viciado em livros, ter rinite alérgica.
    Acredito que o ser humano tem a necessidade de externar seus sentimentos. A pergunta é como ele prefere se envolver no processo. Neste caso, quem optou em escrever, o faz também para se auto conhecer.
    Sabemos, eu já fiz análise alguns anos, que este processo é doloroso, masnecessário. A frase “Conhece- te a ti mesmo” já resume isso. (Por isso chamava o psicólogo de Oráculo de Delphos. =)
    Sim, tenho a minha agenda que é uma mistura de lista de tarefas com diário. Atualmente, estou falando na agenda de como livrar de um vício: o amor. Tive uma experiência que me deixou intoxicada e estou em uma fase de superação. Tenho contato frequente com a pessoa que é de um universo muito diferente ao meu. Infelizmente, ele acabou se mostrando mais raso e fugiu de um envolvimento. Simplesmente, desapareceu.
    Cada dia é uma superação e descoberta das coisas que gosto, do meu próprio universo particular e sempre descubro coisas novas.
    Parabéns pela sensibilidade do vídeo, fugindo do lugar comum.

    Carla.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s