Vídeo: Entrevista com Diego Vecchio

Estava na Flip e me foi oferecido uma entrevista com o convidado argentino Diego Vecchio, que publicou o livro “Micróbios” pela Cosacnaify, uma proposta bem interessante e um livro bem resolvido depois de um começo meio decepcionante.

Como expliquei na descrição do vídeo, ia ter legenda, mas acabou que não teve porque não tô mais com tanto tempo livre assim, e essa máquina não para. Mas ele fala direitinho e devagar, não acho que alguém vá ter problema para entender o castelhano do cara.

Clica na imagem aí!

vecchio.Still001

Anúncios

Vídeo: Entrevista com Alison Entrekin

Eu estava na Flip no começo de julho, e fiquei sabendo que a tradutora Alison Entrekin estava lá. Ela já traduziu livros como Cidade de Deus, Budapeste e O Filho Eterno, para falar dos mais lembrados. Veja bem, eu queria entrevistar a Alison há muito tempo, sendo ela uma das mais importantes tradutoras do português para o inglês que nós temos hoje, mas como foi no improviso e não preparei uma pauta e nem lembrava das coisas que queria perguntar pra ela, saiu algo básico, mas, acredito, relativamente completo no que tange assuntos introdutórios sobre tradução. Sei que não é um tópico muito popular, mas eu gosto muito de falar com tradutores, então assistam aí!

Só clicar na imagem.

alisonentrekin

Vídeo: Um rolé pela Flip 2015 (parte 2)

E chegamos a última parte da nossa cobertura maravilhosa pela Flip 2015! Aproveitem cada minuto desse vídeo como nós aproveitamos cada minuto fazendo ele (tomando chuva e pisando naquelas pedras desgraçadas. Sério, alguém gosta dessa porcaria? Se eu fosse prefeito, mandava asfaltar tudo!)

Clica aí na imagem e deixe um comentário massa lá no vídeo pra gente saber o que você achou 🙂

flip2

Vídeo: Um rolé pela Flip 2015 (parte 1)

Finalmente! Eis aqui a primeira parte do nosso passeio pela Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip!

Gostaria de agradecer muito ao Murilo, que topou fazer essa trip com sua câmera e seu tripé para fazermos essa cobertura maneira pra vocês. Sem ele isso não seria possível!

Clica aí na imagem:

flip parte 1

Flip 2015

Flip 2015

É isso, amigo. O Livrada! vai estar muito ocupado essa semana fazendo a cobertura da Flip 2015. Para quem não sabe ou chegou no mundo nos últimos quinze minutos, a Flip é a Festa Literária Internacional de Paraty, que toma conta da minha cidade natal por uns bons cinco dias e gente bonita e diferenciada vem prestigiar escritores que ninguém nunca viu na vida e comprar livros caros. Paraty fica um inferno e é para lá que nós – eu e o Murilo, cinegrafista e amigo de todas as horas – vamos.

Nossa meta na flip é: 1- Entrevistar escritores 2- Falar com a galera e cobrir o evento em geral 3- Zoar o barraco 4- Participar da lendária suruba secreta que acontece durante o evento 5- Travar contato com algum milionário filantropo que queira dar dinheiro pra gente fazer o que a gente já tá fazendo de graça. Fora isso, só diversão.

Como vamos fazer a cobertura em vídeo, ela deve sair depois que o festival acabar, mas tá valendo. Em tempo real, peço que fiquem de olho no instagram do Livrada!, que terá fotos toda hora para vocês não perderem muito mais do que já estarão perdendo por não comparecer a essa bagaça histórica. Temos credenciais, temos tempo livre, temos uma câmera na mão e uma ideia na cabeça. O chão vai tremer, o tempo vai fechar, os lisos vão correr e as cocotas, rebolar.

A propósito: devo levar para a Flip alguns exemplares da coletânea Livro dos Novos, antologia de novos contistas da qual eu participei, e venderei de bom grado pra qualquer curioso que se interessar por essas coisas e marcadores de página do Livrada! feitos pelo Estúdio Invertido. Então, se me virem por lá, me peçam!

A Flip começa na quarta-feira dia 1, e vai até domingo, dia 5. Acompanhem!

Ah. e mandem sugestões sobre o que fazer por lá. Escritores que vocês acham que vale a pena conhecer, eventos legais, pessoas em geral, enfim, dêem pitacos 😀